26 Nov 13

Verduras, Legumes e Frutas de Dezembro!

Produto da Estação
Por Luciana Vieira

pimentao_tomate_cenoura

Como já falado em um artigo deste blog, a macrobiótica incentiva que comamos de acordo com a estação e que escolhamos alimentos frescos que cresçam localmente. Neste post também falo sobre os vários benefícios de se alimentar obedecendo a sazonalidade das verduras, legumes e frutas.
Procure manter-se informado sobre as safras dos produtos e comprove que eles são muito mais saborosos, além de serem muito mais nutritivos, repletos de vitaminas e minerais. Aqui neste blog você encontra uma tabela de onde pode se informar sobre a melhor época para consumir/comprar cada produto.

Se você está no Brasil, neste mês de Dezembro aproveite para comprar e cozinhar com os seguintes produtos:
Legumes – batata (tubérculo), berinjela japonesa, cenoura, cogumelo, pepino japonês, pimentão (todos), tomate (todos), vagem
Verduras – alho poró, aspargos, brócolis, cebolinha, coentro, couve de bruxelas, endívias, erva-doce, folha de uva, hortelã, manjericão, mostarda, nabo, palmito, rabanete, rúcula, salsa e salsão.
Frutas – abacaxi (havaí e pérola), acerola, ameixa nacional, amêndoa, amora, castanha, cereja, damasco, figo, framboesa, graviola, grapefruit, kiwi, laranja (pera), lichia, limão, maçã, manga, maracujá doce, melancia, melão amarelo, nectarina, nozes, pêssego, romã, tâmara, uva (itália, rubi).

O Brasil realmente é maravilhoso neste aspecto. Tanta variedade e possibilidade de opção. Abuse das saladas preparadas com diferentes folhas, tomate e pimentão e não deixe de acrescentar a elas as ervas da estação (coentro, hortelã, manjericão, mostarda, salsa).

batata_alho_poro

E aproveitando a época da batata e do alho poró, no link abaixo eu sugiro uma receita de Creme Leve de Alho Poró (adaptação do “Vichyssoise”), que pode ser tomado levemente aquecido ou mesmo a temperatura ambiente. Na época do verão não é muito agradável tomar sopa. O corpo, na verdade, nem pede uma sopinha quente, certo? Porém cremes leves (e frios, se você gosta) são uma boa opção de entrada porque não pesam tanto e podem ser muito usados em sua forma aquecida quando dá aquela esfriadinha repentina.

creme_batata_alho_poro

As batatas não são o tubérculo mais usado pela macrobiótica, inclusive elas são contra-indicadas para aqueles que estão tratando algum problema de saúde. Também é evitada por aqueles que seguem dietas de baixo índice glicêmico. Eu gosto muito das batatas porque elas são muito versáteis, têm uma textura interessante para compor vários tipos de pratos, além de serem nutritivas, ao contrário do que muitos pensam (eu mesma costumava dizer que a batata apresentava “calorias vazias”). Elas são uma excelente fonte de Potássio, Vitamina C, B6, Iron e Fibras. Já falei em um post anterior sobre o Alho Poró e aqui ensino qual a forma correta de lavá-lo. O alho poró é rico em ácido fólico, vitaminas A, C, K e E, tem ação anti-inflamatória, é bastante alcalinizante, fortalecendo o sistema imune. Você deve sempre tomar o cuidado de não deixá-lo cozinhando por mais de apenas alguns minutos para que ele não perca suas propriedades. Ao final do cozimento ele deve ainda ter uma cor brilhante.

A lista (parcial) acima foi retirada da tabela ao lado, onde você pode encontrar os produtos comercializados pelo Ceagesp e a sazonalidade dos mesmos. (fonte: Ceagesp).

> Encontre aqui a receita mencionada acima
Se você encontrou algum erro neste texto, por favor, mande sua sugestão de correção aqui.
0 comentários
Escreva o seu comentário
* Não será divulgado

Up