10 Dec 15

Adoçante para perder peso

Dieta
Por Luciana Vieira

Se você luta contra a balança ou simplesmente presta atenção ao que come para manter o peso que atualmente tem, pare de usar adoçante artificial. É um erro pensar que, por não ter calorias, ele pode ajudá-lo na dieta. Nenhum estudo conseguiu provar de forma categótica que o uso do adoçante tem um efeito mais positivo que o do açúcar na perda peso. Também não estou dizendo que você deve voltar a usar açúcar! Leia o artigo antes!

Continue Lendo >>

Se você encontrou algum erro neste texto, por favor, mande sua sugestão de correção aqui.
19 Sep 15

Por que meu filho não come?

Alimentação Infantil
Por Luciana Vieira

legumes_crianca

Minha amiga Kate Knowler escreveu essa semana em seu blog sobre “fussy eaters”, crianças que dão trabalho pra comer verduras e legumes e me fez pensar: “por que eu não tive essa ideia antes?”.

Eu, sabendo da importância da boa alimentação, errei feio quando comecei a introduzir sólidos para a Olivia. Na época estava super tensa porque achava que meu leite podia secar a qualquer momento e sentia uma urgência em fazer com que ela aprendesse a comer vários tipos de verduras e frutas em um curto espaço de tempo. Errei primeiro porque tive pressa. E depois, porque inventava mil cardápios e opções diferentes para garantir que ela comeria bem alguma coisa. Pensava que dessa forma ela aprenderia a ter prazer para sentar pra comer em vez de querer correr daquele momento como muitas crianças pequenas fazem quando olham para um brócoli.

Continue Lendo >>

Se você encontrou algum erro neste texto, por favor, mande sua sugestão de correção aqui.
17 Jul 15

Controle sua ansiedade antes que ela controle você!

Artigos
Por Luciana Vieira

mulher_estressada

 

Ansiedade pode ter significados diferentes dependendo de quem se refere a ela ou a sente. Pode ser aquela voz interna que nos fala sem parar e nos deixa preocupados ou então um sentimento desconfortável tão forte que nos leva a um ataque de pânico. Quem entende do assunto diz que não é possível nos livrarmos da ansiedade. Isso é parte do SER humano. Nós nos preocupamos e temos nossos medos por uma boa razão. Apenas quando isso se torna exagerado, se torna destrutivo de alguma forma é que temos um problema.

Quem me conhece bem sabe que eu sou uma pessoa ansiosa. Antes de começar a pensar nesse assunto, a ansiedade sempre me acompanhava e eu achava tudo muito normal. Sabia que eu era uma pessoa agitada, que fazia tudo correndo, mas quem não fazia? Tudo ao meu redor era sempre acelerado. Trabalho que não acabava mais, trânsito sem fim, pessoas atordoadas, estressadas. Foi então que parei de trabalhar, me mudei pra Madrid e logo percebi que estava me sentindo muito melhor. Claro que o fato de ter começado a comer a comida que eu mesma preparava, com alguns dos cuidados que hoje tenho, fez bastante diferença, mas desligar um pouco também ajudou bastante.

Acho que meu cérebro aprendeu a trabalhar nesse modo acelerado, tanto que até hoje, com fases mais intensas e outras menos, me pego correndo sem necessidade, falando rápido, com a cabeça em algum lugar, menos no presente… e faço várias coisas pra me manter mais calma, ser mindful, sem ficar viajando em pensamentos que me agitam e me deixam super ansiosa. Não é nada fácil, confesso que venho “trabalhando” nisso há uns 6 anos e preciso estar atenta porque ao primeiro sinal de estresse meu corpo já entra num anxiety mode que desestrutura tudo… meu sono, minha paz, minha vida pessoal, a forma como lido com as coisas mais simples do dia a dia…

Continue Lendo >>

Se você encontrou algum erro neste texto, por favor, mande sua sugestão de correção aqui.
Up