15 Jul 16

Carne Orgânica é melhor?

Dieta
Por Luciana Vieira

 

gado_criado_solto

Eu venho sempre falando nos meus posts mais recentes que é saudável comer carne e que devemos nos preocupar sim se ela é orgânica e se o animal é criado solto. Além de diferenças no perfil de “gorduras boas”, assunto sobre o qual vou escrever em detalhe em outro post, carnes convencionais e orgânicas também se diferenciam quanto ao uso de antibiótico. Nas orgânicas, ele é usado apenas quando o animal realmente fica doente, mas na convencional ele pode ser usado para que o animal cresça mais do que cresceria sem seu uso. Nunca ninguém soube o porquê deste “fenômeno”, só se sabia que essa estratégia funcionava. Hoje já se sabe que isso acontece devido ao impacto negativo que o uso de antibióticos têm na flora intestinal desses animais. Ao induzir um estado de desequilíbrio crônico na flora intestinal, os antibióticos aumentam a energia que esses animais retiram da mesma quantidade de comida (1). Não há estudos em humanos que confirmem isso até o momento, mas se especula que aquilo que engorda os animais (e antibiótico está nessa lista) também causa aumento de peso no homem (você já pensou nisso?).

Além disso, há uma grande chance, de que carnes orgânicas contenham menos bactérias resistentes a antibióticos do que as carnes convencionais (2).

 

 

Se você encontrou algum erro neste texto, por favor, mande sua sugestão de correção aqui.
0 comentários
Escreva o seu comentário
* Não será divulgado

Up