22 Dec 13

Não tenha medo do Natal e do Ano Novo

Dicas
Por Luciana Vieira

mesa_natal

Para muitos, as comemorações do Natal e do Ano Novo são sinônimo de comer e beber demais, passar dos limites, ganhar peso e ver a decisão de comer de forma saudável ir por água abaixo. Também não é para menos. Muitos se reúnem justamente com essa intenção. Porém, para aqueles que constantemente se preocupam com o próprio peso (e até mesmo com a saúde, por que não?) essas datas são motivo de bastante ansiedade.

Só que na verdade, isso não precisa ser assim.

natal_saudavel

Não tenha medo do Natal e do Ano Novo

Eu venho falando aqui no blog sobre a importância de enxergar a alimentação saudável como parte do seu estilo de vida e não como um pesadelo que te acompanha a cada dieta nova que você decide começar. Encare esse momento como uma oportunidade de praticar essa nova visão e, em vez de passar essas últimas semanas do ano contando calorias e sentindo que sua nova dieta está indo para o ralo, veja como é fácil viver de acordo com essa nova idéia, com esse novo estilo de vida.

Sem dúvida nenhuma, o maior desafio será “mudar a chave”. Você não pode chegar à primeira comemoração (e às demais também) com o pensamento de que você tem que manter o controle e ser restrito. Esse “mindset” já vai colocar tudo a perder. Ao contrário, encare esta nova oportunidade de frente, fazendo dela uma possibilidade incrível de se conectar com seu corpo e sua mente, tomando consciência desse seu novo estilo de vida e com a certeza de que você passará esses dias vivendo cada minuto, sendo “mindful” e prestando atenção àquilo que você come e bebe. Estou falando isso porque muitas vezes nos damos conta de que comemos um “boi” inteiro sem sequer nos darmos conta do que estávamos fazendo. E aí já é tarde demais. Já passamos do limite e não só nos sentimos cheios, mas explodindo.

Se você acompanha este blog e vem tentando melhorar sua alimentação, isso é porque você já percebeu que de nada adianta ficar resistindo a tudo aquilo que você vê sobre a mesa em ocasiões como estas. Você já está se dando conta de que é mais eficiente praticar moderação e não se sentir culpado no dia seguinte (ou no ano seguinte). Portanto, nada de restrição e controle e, sim, equilíbrio e prazer. Você não precisa ter “medo” do Natal e do Ano Novo porque não vai mais chegar lá tentando vencer uma batalha invencível. Mude sua atitude.

Em primeiro lugar lembre-se de que a comida que está ali é feita em casa, o que é mais saudável. Tenha certeza de que em cada prato você coloca uma boa quantidade de verduras e legumes. Como você tem a noite inteira para comer e beber, você não precisa fazer nada correndo. Sente e tente, na medida do possível, saborear cada garfada, prestando atenção ao que você está comendo. E como redução de calorias não é seu objetivo principal, dê-se ao luxo de comer uma sobremesa, sem culpa nenhuma.

Se você, depois disso tudo, continua sentindo que é impossível parar de comer, mesmo quando você já se sente cheio, pense que você pode comer isso mais tarde, a qualquer hora em vez de tentar se convencer de que não vai mais comer nada. Pesquisas mostram que esta técnica nos liberta daquele conflito interno que surge quando tentamos nos privar de alguma coisa que queremos.

Por fim, encare as Festas como uma oportunidade de encontrar e estar junto com as pessoas que você ama. A comida não deve ser seu foco principal. Nunca se esqueça de que o vínculo que formamos com familiares e amigos é mais importante para nossa saúde do que alimentação e exercício físico. Portanto, esteja mais interessado em fortalecer esses vínculos do que no prato (ou pratos) que você come.

Boas Festas e Bom Apetite!

 

Se você encontrou algum erro neste texto, por favor, mande sua sugestão de correção aqui.
0 comentários
Escreva o seu comentário
* Não será divulgado

Up