Artigos
Alimentação e hábitos saudáveis como medicina

Tire o arroz branco do seu prato

Faz tempo que eu venho querendo falar sobre o arroz integral. Depois de passar pelo Brasil nessas férias e me lembrar de que aí comemos sim muito arroz branco, tive certeza de que deveria escrever sobre isso.

Eu comecei a comer arroz integral ainda no Brasil, já faz alguns anos. Naquele tempo só sabia que ele, paradoxalmente, embora fosse mais calórico que o arroz branco, ajudava nas dietas de emagrecimento. Nunca entendia bem o motivo, mas já que era para ficar magra, valia a pena.

Com o tempo fui aprendendo sobre os benefícios do arroz integral e a macrobiótica foi fundamental para fazer dele o prato mais consumido na minha casa por alguns anos (hoje usamos outros grãos também).

arroz integral cozido

Tire o arroz branco do seu prato

No Brasil é muito comum a gente compor qualquer prato com arroz (e feijão). Aqui pela Europa ele não faz parte da dieta diária das pessoas e eu acredito que isso seja mais saudável, já que permite maior variedade à mesa. No Brasil, como o costume é comer arroz e feijão todo dia (principalmente as crianças), outros grãos e leguminosas são deixados de lado, infelizmente. Meus estudos em nutrição natural, aliados ao costume local (europeu) tornaram minha dieta mais variada, mas mesmo assim, uma vida inteira à base de arroz deixou alguma história aqui em casa.

arroz integral cru

Benefícios do arroz integral
Se você tem o costume de comer arroz branco, vale a pena tentar substituí-lo pelo integral. A principal diferença entre os dois é que este tem mais fibras do que aquele, encontradas principalmente no farelo do arroz, o que é retirado com o processo de refino. O arroz integral também aporta mais vitaminas e minerais. A fibra, como vocês já sabem, é importante para regular o funcionamento intestinal, ajuda a reduzir o colesterol e previne o câncer de cólon. Seu carboidrato (complexo) é absorvido mais lentamente pelo organismo (não causando tão drásticos altos e baixos de insulina), dando maior sensação de saciedade e deixando você sem fome por mais tempo (o que ajuda nas dietas de redução calórica, já que você demora mais para ter fome novamente).arroz integral e branco
Uma pesquisa da Harvard School of Public Health de 2010 mostrou que comer 5 ou mais porções de arroz branco por semana estaria associado ao aumento no risco de se desenvolver diabetes tipo 2. Os pesquisadores estimaram que substituir 50 gramas de arroz branco (apenas 1/3 de uma porção) com a mesma quantidade de arroz integral diminuiria em 16% o risco de se desenvolver este tipo de diabetes. A mesma substituição, se feita por outros grãos integrais (como cevada e trigo – não permitidos para os alérgicos a glúten) estaria associada a 36% de redução no risco.

Caso seja difícil para você se acostumar ao sabor e textura do arroz integral, comece misturando os dois tipos de arroz e gradativamente comece a aumentar a quantidade do integral. Eu não precisei passar por essa transição porque me convenci rapidamente dos benefícios do arroz integral, mas hoje posso dizer que quando como arroz branco é como se estivesse comendo papel. Arroz integral é muito mais saboroso. Você só precisa desenvolver o paladar. Acredite!

> Encontre aqui a receita mencionada acima
1 comentário
  1. josemar 15 Oct 2016 | 13:24

    gostaria de receber orientação sobre dieta alcalina contra o cance

    Responder
Escreva o seu comentário
* Não será divulgado

Up