Artigos
Alimentação e hábitos saudáveis como medicina

Por que você precisa aprender a relaxar?

É importante aprender a relaxar.

A gente fala bastante sobre alimentação saudável, mas de nada adianta a boa alimentação se nossa mente não relaxa e nosso corpo vive tenso. Você ingere alimentos super saudáveis, mas seu corpo não está “registrando” o que passa por ele.

mulher_estressada

Sempre ouvi dizer que precisamos descansar, que precisamos não fazer nada de vez em quando, que temos que comer devagar e mastigar bem os alimentos, que não devemos comer respondendo emails… mas nunca soube exatamente o porquê e tudo, na verdade, me parecia coisa de quem não tinha o que fazer. Agora entendi um pouco melhor isso tudo e quero explicar este processo de forma simples aqui no blog.

É claro que existem várias razões pelas quais devemos desacelerar. Em outro post vou falar sobre adrenalina e cortisol mas hoje vou me concentrar apenas no Sistema Nervoso Autônomo. Você lembra de ter estudado sobre o Sistema Nervoso Simpático e Parassimpático? Pois é… Eles é que controlam uma série de funções no nosso corpo, como por exemplo, a respiração, a circulação do sangue, a digestão, entre outros…

O Sistema Simpático é conhecido como responsável pelas reações de “fight or flight”(em português é traduzido como “lutar ou fugir”). É o sistema que é acionado quando estamos sob estresse, quando um leão começa a nos perseguir e temos que correr dele. Nossos batimentos cardíacos aceleram, o sangue começa a circular mais rapidamente no nosso corpo, a adrenalina vai a mil.

Man-running-lion

O Parassimpático tem a função oposta: a de reagir a situações de calma. Depois de conseguirmos escapar do leão, este sistema nos ajuda a recobrar o equilíbrio, desacelera os batimentos cardíacos, diminui a pressão do sangue nas nossas artérias e a quantidade de adrenalina do nosso corpo. Ele também é conhecido como responsável pelas funções de “rest and digest” (descansar e digerir).

executivo_relaxando

Com essa explicação dá pra perceber que os dois sistemas são antagônicos. Eles não funcionam conjuntamente. Isso quer dizer que quando você está correndo de um leão seu organismo não precisa (e não consegue) digerir qualquer alimento. Seu corpo vai então travar a digestão, você vai se sentir mal, vai sentir que a “comida não desce”, vai ter alguma indigestão. Ou então ele vai provocar uma diarréia, para jogar rapidamente aquele alimento fora, para que você seja mais eficiente na sua fuga.

Não preciso dizer aqui que a grande maioria de nós vive com o “fight or flight” acionado 100% do tempo. Quem é que no final do dia (e muitas vezes até mais tarde!) não sente que correu do leão ou tentou matar o leão o dia inteiro? Não é possível descansar ou digerir qualquer alimento se não viramos a chave. Vem daí a importância de parar um pouco (pelo menos)  quando estamos comendo. E não é à toa que toda vez que converso com alguém sobre nutrição, dieta ou saúde, vejo que o problema mais comum da maioria está ligado ao Sistema Digestivo.

Quem sou eu para dizer que não podemos trabalhar enquanto comemos? Eu era especialista nisso e entendo a necessidade de fazer isso em alguns momentos. Porém, também acredito que muitas vezes estamos almoçando sozinhos (ou até mesmo acompanhados) e em vez de nos concentrarmos na comida (ou na companhia), estamos respondendo emails só para “adiantar as coisas”.

break

Pare agora por um minuto e pense: Quantos minutos por dia você desliga seu piloto automático? Desde a hora em que você acordou hoje, quando foi que você parou e respirou fundo? Você conseguiu comer com calma, mastigando os alimentos? Se você não parou nem por um minuto, o que você pode fazer por isso agora? Saia da frente do computador, do i-pad, do i-phone, feche os olhos e preste atenção na sua respiração SÓ por um minuto. Não custa nada. Você ainda terá 1.439 minutos para viver as 24 horas restantes do seu dia.

0 comentários
Escreva o seu comentário
* Não será divulgado

Up