15 Jul 16

Carne Orgânica é melhor?

Dieta
Por Luciana Vieira

 

gado_criado_solto

Eu venho sempre falando nos meus posts mais recentes que é saudável comer carne e que devemos nos preocupar sim se ela é orgânica e se o animal é criado solto. Além de diferenças no perfil de “gorduras boas”, assunto sobre o qual vou escrever em detalhe em outro post, carnes convencionais e orgânicas também se diferenciam quanto ao uso de antibiótico. Nas orgânicas, ele é usado apenas quando o animal realmente fica doente, mas na convencional ele pode ser usado para que o animal cresça mais do que cresceria sem seu uso. Nunca ninguém soube o porquê deste “fenômeno”, só se sabia que essa estratégia funcionava. Hoje já se sabe que isso acontece devido ao impacto negativo que o uso de antibióticos têm na flora intestinal desses animais. Ao induzir um estado de desequilíbrio crônico na flora intestinal, os antibióticos aumentam a energia que esses animais retiram da mesma quantidade de comida (1). Não há estudos em humanos que confirme isso até o momento, mas se especula que aquilo que engorda os animais (e antibiótico está nessa lista) também causa aumento de peso no homem (você já pensou nisso?).

Além disso, há uma grande chance, de que carnes orgânicas contenham menos bactérias resistentes a antibióticos do que as carnes convencionais (2).

 

 

Se você encontrou algum erro neste texto, por favor, mande sua sugestão de correção aqui.
28 Jun 16

Jejum Intermitente

Dieta
Por Luciana Vieira

Você deve ter passado a sua vida inteira ouvindo que o café da manhã era a refeição mais importante do dia e que para ser saudável, você deveria comer várias pequenas refeições ao longo do dia. Porém, esses conceitos mudaram ao longo dos anos e hoje existem pesquisas que confirmam os benefícios do jejum intermitente, que é o que você faz quando sai de casa de manhã sem comer, ou quando passa a manhã na cama no fim de semana e tem o almoço como sua primeira refeição do dia.

Tais pesquisas sugerem também que o jejum tem os mesmos efeitos benéficos da restrição calórica, o que aumenta drasticamente a expectativa de vida em animais. Além de tudo isso, o jejum intermitente pode ser usado como opção por aqueles que não conseguem reduzir a ingestão diárias de calorias e precisam perder peso. Outros beneficios do jejum intermitente seriam: aumentar o nível de produção do hormônio do crescimento (também conhecido como “fitness hormone), facilitar a perda de peso, reduzir a resistência à insulina, reduzir inflamação, melhorar a pressão arterial e aumentar a massa magra.

Continue Lendo >>

Se você encontrou algum erro neste texto, por favor, mande sua sugestão de correção aqui.
13 Jan 16

O que causa a obesidade?

Artigos
Por Luciana Vieira

Há inúmeras causas para a obesidade e algumas delas, embora poucas, nem estão ligadas à alimentação.

Porém, quando se trata de obesidade causada por excessos na alimentação, ela nem sempre vem da falta de força de vontade, preguiça ou simplesmente gula.

Há mecanismos químicos fortíssimos no nosso organismo que mudam não só nossa biologia, mas o nosso comportamento com relação à comida. Uma dieta inadequada, como é a típica dieta ocidental e a ingestão exagerada de açúcar e gorduras de má qualidade, dentre outros, podem levar a um quadro conhecido como resistência a leptina.

Obesidade

Continue Lendo >>

Se você encontrou algum erro neste texto, por favor, mande sua sugestão de correção aqui.
Up